Páginas

sábado, 19 de julho de 2014

CAPÍTULO 45 - "É impressão minha ou estás com ciúmes?"

- Passas a noite comigo? - perguntou-me.
- Não sei se mereces...
- Hoje sou bebé, acho que mereço.
- É, um bebé que às vezes se porta muito mal!
- Ainda não me respondeste...
- Sim, eu fico!

Já tarde, os convidados começaram a ir-se embora. No final, ficou o Rúben, a Tânia, o Rodrigo, a Carol, o David e o Márcio.

- Vá, vamos ajudar a arrumar isto para irmos andando, que eles devem querer ir-se deitar. - disse a Tânia.
- Nem penses! Eu e o Fábio arrumamos isto num instante. - respondi.
- Querem ir deitar-se, querem... Devem estar muito cansados! - disse o Rúben, a rir.
- És sempre o mesmo! - disse a Tânia, dando-lhe um calduço na cabeça.
- Então, tu é que disseste que eles se queriam ir deitar, eu só confirmei!
- Vá, levanta o rabinho daí e anda ajudar. - disse ela ao namorado.
- Não é preciso, a sério. - disse eu.
- Entre todos não custa nada. - disse prontamente, a Carol.

Eu e elas arrumámos a mesa e a cozinha, com a ajuda do David. Os outros rapazes estavam todos à conversa.

- É, vamos todos ajudar mas aqui o escravo é que tá dando mão pras meninas! - disse o David, provocando os amigos.
- Oh mano, deixa isso! - disse o Fábio.
- É, agora já tá né... - respondeu-lhe o brasileiro.
- Então vá, Rúben, vamos que já é tarde. - disse a Tânia.
- Sim, vamos todos. - disse o Rodrigo.

Despedimo-nos de todos e ficámos só nós dois, no silêncio da casa que durante toda a festa não tinha existido.

- Amor, vou só tomar um banho e já volto. - disse o Fábio, enquanto eu me sentava no sofá.

Enquanto ele estava no banho, o telemóvel dele dá sinal de mensagem. A curiosidade falou mais alto e peguei no telemóvel para ver quem era. Nada de mais, era apenas um amigo.
Depois de ver a mensagem, apercebi-me que na caixa de entrada estava o nome "Andreia". Sim, a ex-namorada do Fábio... Foi inevitável e tive de abrir.

De: Andreia
"Parabéns baby <3"

Só podia estar a ver mal! Porque raio havia ele de ter uma mensagem da ex-namorada a chamar-lhe "baby" e com um coração? E ainda por cima, porque raio ele ainda lhe responde com um "Obrigado, beijinho" ???
Alguma coisa me andava a escapar aqui, certamente.

Voltei a pôr o telemóvel onde estava e fixei os olhos na televisão, até o Fábio chegar.
Pouco tempo depois oiço uma porta a fechar e passos em direção à sala. Nem sequer desviei o olhar da tv.

- Amor, não queres vir para o quarto? - dizia ele, num tom carinhoso, enquanto entrava pela sala, apenas em boxers e com o corpo brilhante e com cheiro a creme.
- Não. - respondi.
- Então? Que se passa? - perguntou ele, percebendo que algo se passava, pela minha expressão. Ele, realmente, conhecia-me bem demais.
- Nada.

Insatisfeito com a resposta, senta-se no sofá ao meu lado e agarra o meu rosto, para me dar um beijo, ao qual não correspondo.

- O que é que tens? - perguntou.
- Já disse que nada. - respondi e fez-se silêncio. - Recebeste uma mensagem.

O Fábio afasta-se de mim para alcançar o telemóvel que estava na mesinha em frente ao sofá. Lê a mensagem, responde e pousa o telemóvel na mesa. Depois disso, fica a olhar para mim e percebe que continuo distante.

- Viste a mensagem, foi? - perguntou-me.
- Qual mensagem? - respondi, fazendo-me desentendida.
- Que recebi à bocado. - ele sabia perfeitamente que não me precisava dizer mais, porque eu já sabia muito bem de que mensagem ele estava a falar.
- A do "Parabéns baby" com um coraçãozinho? Vi! Que fofo. - disse eu, com o meu tom irónico, tentando disfarçar o ciúme.
- Oh amor eu ia dizer-te que ela tinha mandado mensagem, mas no meio de tantas achas que eu reparei na da Andreia?
- Reparaste. Tanto reparaste que respondeste e até fizeste questão de lhe mandar um beijinho.
- É impressão minha ou estás com ciúmes? - perguntou ele, sorrindo.
- Ciúmes, Fábio? É a tua ex-namorada, não sei, mas o que achas de eu ir mandar coraçõezinhos ao meu ex-namorado?
- Ei, mas eu não mandei nada! Não tenho a culpa que ela me tenha dito aquilo. 
- Para ela te chamar baby é porque lhe deste confiança para isso.
- Katyanne, eu juro-te que nunca mais falei com ela. Não sei porque é que ela mandou aquilo, mas tu viste que eu lhe respondi como respondi a qualquer outra pessoa.
- Pois...A mim nem respondeste. - disse eu, relembrando, num tom frio.
- A sério, vamos voltar ao mesmo. Epa, tu não gostas mesmo de estar bem.
- Não é voltar ao mesmo, mas se formos por aí, pensa lá porque é que te chateaste comigo? Pois, então não venhas falar de ciúmes. Põe-te no meu lugar.
- Tens razão amor, devia ter-te dito que ela me mandou mensagem, mas estivemos chateados, achas que ia querer piorar as coisas? Não tive tempo para te dizer. - disse ele.

Bem, na verdade ele até tinha alguma razão, mas os ciúmes falam sempre mais alto... Fiz um ar pensativo, pois também não queria dar o braço a torcer.

- Eu só tenho olhos para ti! - disse ele, ajoelhando-se.
- Pronto, pronto, mas levanta-te! - disse eu, a rir-me.
- Não me digas que não é uma maravilha, teres-me em boxers ajoelhado para ti!
- Hum... 

Agarrei-o com força e dei-lhe um beijo de tirar o fôlego. Em dois segundos, as minhas mãos já percorriam o corpo dele, praticamente despido, e as mãos dele percorriam o meu, ainda com roupa, que não tardava muito em estar espalhada pelo chão da casa.
Depois de um dia no qual tínhamos estado chateados, um dia que por sinal era o aniversário do Fábio, tínhamos de compensar, e não ia ser por uma mensagem estúpida de uma pessoa ainda mais estúpida que íamos voltar a zangar-nos. Ambos tínhamos a mesma vontade, a de estar a sós entre quatro paredes, a de nos entregarmos um ao outro e esquecer o mundo à nossa volta... O mundo... e o tempo... Porque os ponteiros do relógio não paravam, mas os nossos corpos também pareciam não se cansar. Estávamos ali, sem querer saber de mais nada. A noite era nossa. Ele era meu. Eu era dele.

2 comentários:

  1. Olá

    Adorei *_* E agora vamos esperar e rezar para que não voltem a chatear-se :)


    Beijinhos


    Catarina

    ResponderEliminar
  2. Olá!
    aiiii que cap tão mas tão fofo, opá adoro cenas de ciumes, a serio. A Katyanne é adorável, mesmo e o Fábio opá tadinho, teve ciumes "de nada" mas tambem se esqueceu da mensagem da outra e foi logo bombardeado, mas pronto é assim, agora espero que não arranjes mais discussoes, e quero muito muito mais, espero o próximo, besitos!
    Ah e ja agora, muito obrigada por recomendares a minha fic no teu cantinho <3

    ResponderEliminar