Páginas

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

CAPÍTULO 38 - "O público quer saber quem é a sua nova conquista."

Fui almoçar com a minha família e confesso que durante todo aquele dia e até mesmo de noite, não conseguia deixar de pensar nos momentos que eu tinha vivido com o Fábio. Era impossível esquecer-me daqueles momentos de magia em que nos entregámos um ao outro, impossível esquecer-me daquilo que tinha sentido e visto pela primeira vez... Ao dormir, tive um lindo sonho com o Fábio.

No dia seguinte acordei com uma mensagem do Fábio, para que lhe ligasse logo que pudesse. Após ler a mensagem, assim o fiz.

- Estou? - atendeu ele.
- Estou, amor. Aconteceu alguma coisa? - perguntei.
- Não amor, mas tenho uma coisa para te contar.
- Diz.
- Ligaram-me de uma revista e fizeram-me imensas perguntas. Queriam que nós assumíssemos o namoro e queriam tirar umas fotos. Não era aquela revista onde publicaram da outra vez, é outra que queria comprovar se era verdade.
- E o que é que disseste?
- Eu disse que não queria falar da minha vida privada. Eles bombardearam-me com perguntas sobre o meu passado, e eu só disse que estava feliz e não queria falar.
- Então se calhar é melhor não ir àquela festa no Shine... Vai lá estar imensa gente conhecida e as revistas não vão ser ausência!
- Pois...
- Mas achas que conseguimos esconder por muito mais tempo?
- Katyanne, eu não sei. Eu só tento resguardar-me por ti, para te proteger. Porque na verdade, tenho muito orgulho em ter-te como namorada e não tenho problemas nenhuns em demonstrar isso.
- Amor, eu acho o mesmo. Se nos perguntarem se estamos juntos, acho que não há problema em assumirmos. Já fomos apanhados, enquanto não assumirmos não te vão deixar em paz... É normal, és uma figura pública. Mas eu não tenho problemas com isso, amor, a sério.
- Então, olha, vamos fazer a nossa vida normalmente, vamos à festa, se nos perguntarem alguma coisa, assumimos. Assim, o mundo vê que a rapariga mais linda do mundo é minha!
- Ahah, que lata! As tuas fãs é que não vão achar muita piada.
- Só quero saber da minha princesa...! - disse ele, num tom romântico.

Após mais alguns minutos de conversa, desligámos.
Os dias foram passando, e não tivemos muito tempo para estar juntos. Assim, só nos vimos cerca de uma semana depois, no dia em que iríamos à tal festa.

Era uma festa numa discoteca muito conhecida no mundo VIP e para além de actores, iriam vários jogadores de futebol, entre eles muitos colegas do Fábio. Eu também tinha sido convidada pelo Rúben Amorim que tinha tratado de tudo, e após aquela conversa com o Fábio, decidi ir.

Com um casaco bem quentinho, visto que estava frio, optei por este look:





O Fábio foi buscar-me a casa, e assim dirigimo-nos à festa. Quando lá chegámos, haviam alguns paparazzi, poucos, mas que tentavam tirar as melhores fotos a quem entrava na discoteca.
A noite foi muito animada, onde pudemos conviver e divertir-nos.
A certa altura, apercebemo-nos da presença de alguns jornalistas e fotógrafos que entrevistavam actores e jogadores. Era previsível que também nós fossemos alvos... e fomos mesmo.

- Boa noite Fábio, a rapariga que está consigo é sua namorada? - perguntou uma jornalista, com cerca de 30 anos e um à-vontade plausível. - A revista VIP gostaria de fazer-lhe algumas perguntas. O que apareceu na TV 7dias é verdade? O Fábio tem namorada?
- Tenho. - respondeu ele, sem dar muita confiança. Eu aproximei-me e coloquei a minha mão nas suas costas.
- É você a namorada de Fábio Coentrão? - perguntou-me ela.
- Sim, sou. - respondi.
- Então, Fábio, assume o namoro? - perguntou ela.
- Sim, nós somos namorados e estamos muito felizes.
- Podia tirar umas fotos e fazer algumas perguntas? O público quer saber quem é a sua nova conquista.
- A Katyanne não é uma conquista. É a minha namorada, a mulher da minha vida.
- Como disse que se chamava? - perguntava a jornalista enquanto escrevia a frase que o Fábio tinha dito.
- Katyanne. - disse eu, e de seguida soletrei.

A jornalista fez-nos vários perguntas, algumas às quais preferimos não responder, e após algumas fotos, a jornalista ficou satisfeita e retirou-se.
Nós não nos sentíamos mal, estavamos apenas a assumir o nosso namoro perante todos. O Fábio era um pouco tímido em relação a isso. Eu, não estava habituada a estas coisas, mas não me importei absolutamente nada!
Agora, estava ansiosa por ver aquilo que iria ser publicado, e desejava que não surgissem mentiras, como sabemos que acontece muitas vezes.

4 comentários:

  1. amei,gostei mesmo muito!!!
    agora quero o proximo para ver o resultado desta entrevista : )
    continua
    beijinhos


    passa na minha e diz o que achas http://umanovadefinicaodeamor.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  2. Lindo *.* Mulher de coragem :DD

    COntinua quero mais :DD

    Beijinhos*
    http://quandomenosseespera.blogs.sapo.pt/
    http://path-desabafos.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  3. fantastico...

    quero mais...

    continua...

    ResponderEliminar