Páginas

terça-feira, 19 de julho de 2011

CAPÍTULO 30 - Preparativos para o Natal

Após grandes dias de férias e após um Verão inesquecível já estávamos em Dezembro e agora era o frio que comandava os dias.
Eu e o Fábio já estávamos juntos à oito meses e as coisas continuavam perfeitas...
Eu já tinha tirado a carta, apesar de ainda não ter comprado um carro e já estava a tirar o meu curso.


- Katte, queres vir montar a árvore de Natal? - perguntou o meu irmão, entrando pela porta meio-aberta do meu quarto.
- Claro que sim! - disse entusiasmada.


A época natalícia estava a chegar e era algo que me deixava todos os anos muito feliz. Eu já não era uma criança mas adorava a emoção de dar e de receber presentes!


Fui montar os enfeites com o meu irmão e a minha mãe e à tarde fomos ao centro comercial comprar presentes. Cada um foi para seu lado e comecei assim a procurar os presentes ideais.


Fui procurar algo para oferecer aos meus pais. Para o Hugo, decidi comprar uns ténis que sabia que ele ia adorar.
Queria também oferecer algo à Joana, mas não sabia o quê. Acabei por me decidir por uma moldura digital onde iria colocar fotos nossas, desde o tempo em que nos conhecemos...
Quanto à prenda do Fábio, estava muito complicado... Não me ocorria nenhuma ideia de algo para lhe oferecer!

"Can we pretend that airplanes in the night sky are like shooting stars. I could really use a wish right now, a wish right now, a wish right now..."

- Estou?
- Olá bebé! - era o Fábio.
- Oláá amor!
- Então, o que andas a fazer? - perguntou-me.
- A comprar os presentes de Natal... E ainda bem que me ligas. Podias dar uma ajudinha à tua namorada... É que ela não sabe o que oferecer a um rapaz. - disse eu.
- Um rapaz???
- Sim... É uma pessoa muito especial... Tu deves conhecer, ele é loiro.
- Ahahah! Oh amor, não quero que me compres nada!
- Essa teve piada, Fábio!
- A sério Katyanne, não gastes dinheiro comigo. - disse ele.
- Olha, obrigadinho pela ajuda. Então e numa prendinha para o David e para o Rúben, ajudas?
- Para o David e para o Rúben...?
- Sim, eles deram-me presentes no meu dia de anos!
- Não sei, sabes que eles têm gostos caros.
- Hum, e o Fábio Coentrão, sabes do que é que ele gosta? - perguntei, tentando apanhá-lo distraído.
- Ahah, por acaso até sei! Gosta muito da namorada dele!!! - respondeu ele.
- Hum, já vi que não me vais mesmo dizer. Vou comprar algo ao meu gosto, então. Vou pedir ajuda ao Hugo.
- És teimosinha! Vá, faz lá as tuas comprinhas, logo liga-me sim?
- Sim. Beijo grande.
- Beijinho. Amo-te.
- Eu também. Um beijo.

Encontrei-me com o Hugo e visto que o presente já estava embrulhado, não havia problema.

Quanto à prenda do Fábio, optei por comprar-lhe uns ténis que sabia que ele adorava.
Queria dar-lhe também uma almofada com uma foto nossa. A única que tínhamos tirado até à data. Fui à loja e o senhor que lá trabalhava olhou-me com um ar estranho. Na foto não estávamos a beijar-nos nem nada disso. O homem pensou que eu seria uma fã louca para querer a foto numa almofada.

- Este rapaz é um grande jogador! - disse o senhor da loja.
- Pois é! Já viu a sorte que eu tive em vê-lo. Ele é muito simpático, pedi-lhe para me dar um autógrafo e tirar uma foto comigo e ele aceitou logo! - disse eu, para que o senhor pensasse que eu era só uma fã.

Agora, já tinha os presentes todos comprados.
Estou ansiosa pelo dia de Natal!

3 comentários:

  1. fantastico...

    quero mais...

    continua...

    ResponderEliminar
  2. Oie Oie


    Adoreiiiiii , mas soube a tão pouco :p

    Por isso , quero mais *_*


    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. haha ainda soube disfarçar ao homenzinho ;)
    tá claro que quero mais :D

    ResponderEliminar