Páginas

sábado, 5 de março de 2011

CAPÍTULO 6 - Uma estranha sensação

Quando o filme terminou, saímos em direcção ao parque sem dizer uma palavra. Estavamos ambos com um estranho sentimento dentro de nós. Aqueles segundos mexeram comigo e admito que estava muito envergonhada e sem saber o que pensar. Entretanto, entrámos no carro.


- Gostaste assim tanto do filme? - perguntou-me ele.
- Porque é que perguntas? - respondi confusa.
- Não dizes nada! - disse ele entre risos, para quebrar a tensão que havia entre nós.
- Ahahah, digo-te o mesmo! - fiquei muito envergonhada.


Ele ligou o carro, fomos o caminho todo a ouvir música e não falámos praticamente nada. Chegámos à porta da minha casa.


- Bem, chegámos. Espero voltar a ver-te. - disse-me ele.
- Ok, depois se quiseres liga-me. Tchau.
- Tchau.


O ambiente entre nós estava estranho. Não sei explicar porquê, mas já não estava muito à vontade com ele. Sempre fui tímida em relação a certas coisas e tentei sempre proteger-me ao máximo. E agora começava a pensar que o melhor era acordar deste sonho! Sempre admirei bastante o Fábio, e conhecê-lo é algo que ainda me deixa surpreendida... Tenho medo de criar sentimentos, porque sei que vou sofrer. Ele é um jogador famoso, e os jogadores só querem acrescentar raparigas à sua lista.


- Então miúda! A saída foi boa? - perguntou-me o meu irmão.
- Sim, foi.
- Quem é ele? - perguntou-me a ver se eu me "descaía".
- Mas que ele? Deixa de ser assim!


Fui para o meu quarto. Estava triste, e não sei explicar porquê. Não sei se estava a surgir algum sentimento dentro de mim, não sei se estava a iludir-me... Não sei se tinha medo de fazer algo que mais tarde me fizesse arrepender...


Tinha 2 mensagens da Ju...


De: MelhorAmiga(L)
" Então minha desnaturada, nem dás sinais de vida! O passeio deve estar a ser muito interessante... "


De: MelhorAmiga(L)
" Uii, bem quando puderes responde.. Espero que estejas a divertir-te.. Ahah, quero saver de tudo babe @ "



Não consegui responder-lhe.. Não sei porquê! Estava a sentir-me uma criança... Sentia-me triste e amuada com tudo! Pensando bem, é impossível haver algum sentimento aqui escondido... Mal o conheço! É apenas aquelas parvoíces das fãs, nada mais... As fãs... Ele tem milhares... Aaahh chega, a minha cabeça está às voltas! Está decidido, vou pensar que isto foi um sonho, eu nunca conheci o Fábio Coentrão, nunca... Vou afastar-me dele!